10 de maio de 2013

pra sempre lembrar de ti !


E então você se dá conta que já não ama mais. Sim, já não ama. Porque eu não esqueci, acho que nunca ninguém esquece um grande amor. 
Eu descobri isso quando dei por mim a relembrar todos os momentos a ler todas as cartas a usar e usufruir dos seus presentes sem dor, sem ressentimento, sem ódio, apenas com alguma  saudade e um enorme sorriso. Eu sabia que iria demorar e demorou. Demorou o tempo necessário, o tempo que o meu coração precisou para se acostumar a sua ausência, o tempo que o meu coração demorou a cicatrizar, posso concluir que o meu coração é lento, mas o certo é que fez uma boa recuperação. 
Finalmente eu posso dizer que já não amo mais aquele grande amor. A cura tarda mas nunca falha. 
Hoje eu apenas o abraçava assim com muita força, e lhe agradecia por me ter dado a conhecer o verdadeiro amor.
É engraçado como a vida muda. As vezes dizíamos que teríamos uma história de amor para contar aos nossos netos. Hoje eu digo: Contarei com muito orgulho a nossa história aos meus netos. Talvez tu também contes aos teus, e quem sabe talvez eles um dia se encontrem ! 

E lembre-se: Só diz que se esquece quando ainda de se ama, depois quando se deixa de amar, assume-se e aquilo que mais se quer é não esquecer.  

3 de março de 2013

27 de dezembro de 2012

the last word,





Doeu quando os meus pequenos olhos cruzaram o ecrã e se depararam com aquela imagem. Doeu, e as lágrimas invadiram o meu rosto. O mundo parou naquele momento. Mas, por estranho que pareça as melhores imagens passaram em rodapé na minha mente. Os melhores sorrisos, os melhores abraços, os melhores momentos, as melhores palavras, apenas tudo o que foi bom. Apesar da dor, do orgulho, e do egoísmo apesar da ferida ter apertado mais um pouco naquele momento. Eu sorri, e desejei  com todas as minhas forças as maiores felicidades. Todo o mundo merece ser feliz, ele mais que todo o mundo.
Sei la, doeu bastante. Mas a vida segue, e o vento o levou para longe de mim. Hoje é outro dia, e amanha outro dia será.
Longe da vista, mas sempre presente no coração, ele sabe que os anjos da guarda protegem mesmo assim, lá do alto sem incomodar. Eu sei que é erro. Mas aqui este pequeno anjo que o vento afastou da sua vida estará longe, mas tao perto para proteger para sempre o amor da sua vida.
As maiores felicidades do mundo com todo o amor. Don’t Forget, Henrique.

eu sabia, mas sempre custa.




“Podias ter-me dito que ias sair da minha vida.  Tu disseste. Eu é que não acreditei. A paixão é mesmo isto, nunca sabemos quando acaba ou se transforma em amor, e eu sabia que a tua paixão não iria resistir à erosão do tempo, ao frio dos dias, ao vazio da cama, ao silêncio da distância. Há um tempo para acreditar, um tempo para viver e um tempo para desistir, e nós tivemos muita sorte porque vivemos todos esses tempos no modo certo. Podias ter-me dito que querias conjugar o verbo desistir. Demorei muito tempo a aceitar que, às vezes, desistir é o mesmo que vencer, sem travar batalhas. Antigamente pensava que não, que quem desiste perde sempre, que a subtracção é a arma mais cobarde dos amantes, e o silêncio a forma mais injusta de deixar fornecer os sonhos. Mas a vida ensinou-me o contrário. Hoje sei que desistir é apenas um caminho possível, às vezes o único que os homens conhecem. Contigo aprendi que o amor é uma força misteriosa e divina. Sei que também aprendeste muito comigo, mais do que imaginas e do que agora consegues alcançar. Só o tempo te vai dar tudo o que de mim guardaste, esse tempo que é uma caixa que se abre ao contrário: de um lado estás tu, e do outro estou eu, a ver-te sem te poder tocar, a abraçar-te todas as noites antes de adormeceres e a cada manhã ao acordares. Não sei quando te voltarei a ver ou a ter notícias tuas, mas sabes uma coisa? Já não me importo, porque guardei-te no meu coração antes de partires. Numa noite perfeita entre tantas outras, liguei o meu coração ao teu com um fio invisível e troquei uma parte da tua alma com a minha, enquanto dormias.”

17 de dezembro de 2012

do amor de uma vida,




"A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.Talvez sempre tenham estado e sempre o fiquem. Talvez tenhamos vivido milhares de vidas antes desta, e em cada uma dela nós nos encontramos. E talvez que em cada uma tenhamos sido separados pelos mesmos motivos. Isto significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio ao que virá.
Mas se nunca nos voltarmos a encontrar outra vez, e isto for verdadeiramente um adeus, sei que nos veremos ainda noutra vida. Iremos encontrar-nos de novo, e talvez as estrelas tenham mudado, e nós não apenas nos amemos nesse tempo, mas por todos os tempos que tivemos antes."

Já não era amor, mas tudo o que ficou é lindo, coisas que só o amor trás. Pela milésima e ultima vez, obrigado por tudo. Sê feliz. don't forget. 

11 de dezembro de 2012

Talvez,



E este dias eu tenho sentido a falta de tudo, mesmo não estando longe de nada. 



23 de novembro de 2012

T-H-E E-N-D



"EU QUERO QUE VOCÊ SEJA FELIZ,
PRA EU SER FELIZ TAMBÉM, DEPOIS"




Obrigado por tudo, don't forget ! 




da dor,



amei-te miúdo como ninguém te amou, 



No mais puro sorriso, no mais intenso abraço, nas noites frias de inverno, nos dias quentes de verão, no duvida e na verdade, na confiança e na compreensão, na liberdade e no ciume, nas noites de amor e nas noites de discussão, durante todos os dias, meses e anos, eu amei-te meu puto, como nunca ninguém te amou ! 



19 de novembro de 2012

como ninguém,




Matilde sempre soube que ele era complicado, ela é bem mais complicada. Ele a magoa, ela o magoa. Mas no final tudo fica sempre bem, porque para ela não há nada mais reconfortante do que um abraço dele. Não lhe perguntem o porquê de ela depois de tudo ainda preferir o beijo dele, o abraço dele, o carinho dele, ainda o preferir a ele. Ela não sabe. Sabe apenas que é amor.
È um amor ingrato, um amor tortura, um amor que magoa, mas é o seu grande amor, e mesmo não sendo desculpa, um grande amor desculpa tudo.
Matilde tem plena consciência que poderia viver sem ele. Mas o certo, é que essa ideia a assusta bastante. Mesmo com uma vida diferente, ela não se imagina, sem o seu cafuné, a sua má disposição, os seus pés frios, o seu lado de menino mimado enroscado nos seus braços, o seu sorriso lindo, sem a sua companhia.
Se algum dia isso tiver de acontecer, acreditem. Matilde precisará de muita força. Porque mesmo sabendo que ninguém fica com o amor da sua vida, nunca ninguém quer viver sem ele, e ela não é exceção.
Ela ama-te como nunca amou ninguém, Henrique. 







Linda Linda linda,




 " Depois de sonhar tantos anos,
De fazer tantos planos
De um futuro pra nós
Depois de tantos desenganos,
Nós nos abandonamos como tantos casais
Quero que você seja feliz
Hei de ser feliz também

Nós fizemos histórias
Pra ficar na memória
E nos acompanhar
Quero que você viva sem mim
Eu vou conseguir também "


17 de novembro de 2012

dois anos depois,






E depois de todos os pesares, depois de todos os dias, horas e minutos, das lágrimas e dos sorrisos, dos abraços apertados e das despedidas, de todos os “até já” e os “fica mais um pouco por favor”, por todos os “sê feliz” e dos “Mas não saias da minha vida.” Depois de todas as certezas incertas. Depois de tudo, o que foi destruído, de todo o que nunca ninguém vais destruir e ainda de tudo o que estamos a construir aos poucos. De tudo aquilo que seremos para sempre ou que nunca seremos. Por todo o nosso amor, eu quero que você saiba, mesmo que você não lembre,  que faz hoje precisamente dois anos que eu fui a mulher mais feliz do mundo.
Quero que você lembre também que numa daquelas cartas, você dizia: “Não existem sonhos impossíveis, existem pessoas que tem medo de os tornar realidade”  Quero ainda dizer-lhe que é o eterno amor da minha vida, o meu único xuxu e eu a sua única pitchuquinha. Quero que saiba que nada será esquecido, e que passem os anos que passarem, eu irei lembrar sempre neste dia, aquele maravilhoso beijo, as minhas palavras trémulas, perguntando se você tinha a certeza, aquele abraço, e aqueles sorrisos apaixonados.  
Hoje e durante todos os anos da minha vida, eu irei lembrar o dia em que eu fui tao feliz, e irei sorrir sempre. Porque apesar de todos os pesares, nós fomos/somos muito felizes.
Obrigado por tudo, don’t forgete.  
Vinte e Quatro meses depois, eu lhe volto a dizer : Por mais longa que seja a noite, o sol volta sempre a brilhar. Um dia que ele se esconda saberás a razão porque isso aconteceu! Faz com que ele nasça todas as manhas durante muito tempo.
E sabes bem, apesar de o sol saber que tem de brilhar todos os dias, ele cansa! Apesar de eu saber que tenho de ser forte,ser superior a tudo e estar sempre com um sorriso no rosto , eu também canso.
Hoje fazemos um mês, o primeiro de muitos e apesar de tudo, quero agradecer-te pelo que fazes por mim , e por nós. Não foi um mês fácil, tu não és fácil , eu não sou fácil , mas juntos conseguimos!  Já passamos por muito e no final voltamos para os braços um do outro. 
Sei que não fui a primeira, não fui a única, mas espero ser a ultima. Já amas-te antes , já foste amado , mas ninguém te amou como eu. E estamos juntos neste momento o que mais importa ? Foste a minha escolha, eu fui a tua escolha. SOMOS TÃO FELIZES  ! 
Obrigado por fazeres de mim a mulher mais feliz do mundo. <8 b="b">
17 de Novembro, 2012 

Forever,



16 de novembro de 2012

Obrigado por tudo,




O amor só funciona com amor minha gente. E existem muitos tipos de amor. Eu este últimos tempos tenho aprendido isso.
Aprendi no dia em que tive coragem de prenunciar estas simples palavras: Não sei se o amo, mas sei que não posso viver sem ele. E acreditem, você só é feliz quando deixa de correr atrás da felicidade. Acreditem que são muito mais felizes. Não é desistir daquilo que acha que o faz feliz, mas sim não correr desesperadamente atrás  Aquilo que terá de ser será. Não adianta correr, não adianta gritar, não adianta implorar, as melhores coisas vem quando menos se espera.
Sabe porque você perde muita coisa na sua vida? Porque tem tudo e pensa que não tem nada. Quer mais, e acaba perdendo tudo.
“ Querido Henrique, que seja sempre assim. Que a felicidade, a harmonia, a amizade, os olhares, os sorrisos, os ciúmes, as coisas boas e coisas más estejam sempre presentes. Que estejamos sempre bem, juntos na mesma casinha, ou separados pelo  oceano. Para o todo sempre e mais além “  


14 de novembro de 2012

no segundo certo,



“ Se é pra ser, o tempo se vira na hora de unir, meu bem.” 




13 de novembro de 2012

remember,





um canto que já não existe,




"O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim.  Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto." 


11 de novembro de 2012

do eterno amor,



 
E você  sabe que sempre que eu lembrar o seu nome, o meu sorriso terá uma lembrança nossa, 







apenas sorrio,





7 de novembro de 2012

anjo da guarda,


Por ti correria meio mundo, só para te ver feliz, só para te ver sorrir, só para te ver seguro, só para te ver bem, só para te ver no altos dos altos com o maior brilho no olhar. Por ti, daria a vida, deixava tudo para segurar a tua mão, para te levar pelo melhor caminho possível. Por muito que eu diga sempre que  não cuidarei de ti, tu sabes que eu cuidarei sempre de ti, para todo o sempre e mais além. 
Tu és um amor perfeito, mas tão cheio de defeitos, por muito que eu reclame um "obrigado por tudo" teu compensa metade do meu coração, a outra metade nós sabemos o que falta, e quem sabe um dia transborde ou fique vazia para sempre. 
Apesar de tudo, tu sabes que eu estarei sempre aqui. 



"Se houver
Um Anjo da Guarda
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".